6º ano recebe autor do livro “Lógica? É lógico!”

Bate-papo incentiva o estudo da Matemática

 

Para gostar de Matemática, é preciso conhecê-la sem complicações, experimentá-la e ter a chance de se encantar nesse contato. Pensando nisso, alunos do 6º ano fizeram a leitura do livro “Lógica? É lógico!” e receberam o autor para um bate-papo sobre o assunto.

O professor Nilson José Machado falou sobre sua história de vida e o seu amor pela Matemática. Ele mostrou que a lógica é o assunto que mais revela a integração entre a língua e os números.

“Primeiro, organizamos nosso modo de falar e depois fazemos conclusões. Organizamos a língua e depois argumentamos. A lógica está aí, e a língua é o que unifica o aprendizado”, diz.

Segundo ele, o interessante da logica é provar, demostrar, dar razões para mostrar que algo é verdade. “Embora nem tudo na vida seja explicado logicamente”.

Os alunos participaram com muito entusiasmo, fizeram perguntas sobre o livro, escolha da carreira, vida na universidade, valores pessoais do autor, entre outras.

Para eles, fica a paixão do professor pelo o que faz. “Gosto de todas as áreas da Matemática. Gosto de aprender coisas novas e é bom saber que precisamos estudar a vida toda, pois a vida continua com muitos aprendizados”, ressalta.

"Durante o bate-papo, os alunos se mostraram bastante interessados sobre o processo de criação de um livro, como é ser escritor e o que traz inspiração para escrever. Teve também muita curiosidade sobre sua infância na escola. Nosso intuito ao promover este encontro foi estimular a percepção dos alunos que pessoas comuns podem realizar coisas grandiosas. Podemos afirmar que nossos objetivos foram plenamente alcançados. Temos certeza que foi uma experiência enriquecedora para as turmas e esperamos que essa conversa tenha ajudado as crianças a ter mais prazer pela leitura, pelo estudo, pela descoberta." - Prof. Victoria Conti Garcia

Sobre o livro

Com uma linguagem acessível e conceitos simples, o autor mostra a aplicação da Matemática no dia a dia. Volta-se à Grécia antiga, berço da filosofia, narrando a origem da Lógica. Por tratar de análise de argumentos, trabalha de forma interdisciplinar, com as áreas de história, língua portuguesa, filosofia e artes.