Alunos participam de Júri Simulado na Faculdade de Direito da USP

Oportunidade única de vivenciar um julgamento bem próximo do real

Alunos do Curso e Colégio Anglo Leonardo Da Vinci participaram de dois Júris Simulados na Faculdade de Direito da USP, do Largo São Francisco. Para os estudantes de Direito, é muito importante ter um júri de pessoas leigas. Já para os nossos, a oportunidade única de vivenciar um julgamento bem próximo do real.

Foram dois momentos. No dia 27 de outubro, a atividade teve início com uma visita ao prédio histórico do Largo São Francisco. Os alunos conheceram o Salão Nobre e a galeria de quadros dos antigos reitores e alunos notáveis da faculdade, como seus 12 ex-presidentes do Brasil. Na sequência, foi apresentado o prédio anexo, local em que aconteceu a primeira simulação.

Segundo o orientador Roger, foi uma espécie de “treino” antes da simulação que aconteceria posteriormente. Foi um caso em direito penal criado para esse exercício. Os graduandos compuseram o ministério público e a defensoria pública. Sete alunos do Anglo participaram como jurados e os demais alunos (dez) ficaram na plateia assistindo ao julgamento”. “Eles puderam enunciar perguntas às testemunhas e à ré. Isso tornou a participação deles mais efetiva e exigiu responsabilidade maior”, explica.

No dia 7 de novembro, a simulação foi uma adaptação de um controverso caso real, o caso dos irmãos Naves, de 1937. A equipe do SimJur USP tomou todo o cuidado para transportar esse caso para os dias atuais, utilizando o contexto presente para analisar os fatos.

Dessa vez, o júri foi realizado no auditório do prédio histórico, com a presença de diversos alunos e professores de Direito da faculdade. Houve a mesma composição no tribunal. “Essa simulação foi bem mais longa e minuciosa. O ministério público e a defensoria pública se dirigiam ao júri para relembrá-los do peso da responsabilidade que tinham em mãos”, conta Roger.

Ao final, nossos alunos tiveram a oportunidade de conversar com os graduandos em direito da USP sobre esse caso, sobre o curso e essa profissão que eles tanto aspiram.“Eles saíram do evento com uma real noção sobre a carreira e, com isso, ficam mais tranquilos com a escolha”, ressalta.