Anglo e FIPEN debatem assédio sexual com cerca de 400 pessoas

Criadora do movimento “Chega de FiuFiu” apresenta projeto e conscientiza alunos e convidados

 

Na última terça-feira (23), a criadora do movimento “Chega de FiuFiu”, Juliana de Faria, apresentou o projeto que luta contra o assédio sexual e outros tipos de violência contra a mulher a cerca de 400 pessoas, entre elas alunos. O evento aconteceu no Anglo Leonardo da Vinci, unidade Osasco, em parceria com a FIPEN - Instituto Paulista de Ensino.

Ela é jornalista e sentiu a necessidade de criar o movimento por não ver muito destaque sobre o assunto na mídia. O grupo constatou que 83% das mulheres não gostam de cantadas, 81% já deixaram de fazer algo por medo de assédio, 85% sofreram “mão boba” e 90% já trocaram de roupa por achar que seria considerada inapropriada por assediadores.

“Uma vez que as mulheres denunciam assédio, mais assédio elas sofrem”, aponta Juliana. Por isso, um mapa de denúncias foi elaborado no próprio site do movimento. É uma plataforma que mostra lugares específicos junto a relatos dos assédios, com data, horários e como aconteceu. Mais de três mil denúncias foram feitas e muitas delas coincidiram entre si. “Isso só nos faz pensar no quão importante é discutir essa situação”, afirma.

Ainda assim, Juliana mostrou-se otimista. Em quatro anos do movimento, dois projetos penais foram aprovados, além da repercussão da mídia em relação ao assunto, como os casos do ator José Mayer e MC Biel. A palestrante também falou sobre um projeto em andamento voltado para a educação infantil que visa desenvolver a conscientização sobre o assunto desde cedo.

O bate-papo envolveu a todos e, na abertura para perguntas, houve desabafos emocionantes de pais, mães, professores, funcionários e alunos. A palavra final deixada a todos foi “consentimento”. “Se tem consentimento e contexto, tudo bem. Caso contrário, precisamos dizer. Isso vale para a vida”.

“Chega de FiuFiu” virou filme! O documentário pretende ampliar ainda mais o debate sobre sexual em locais públicos. Confira o trailer: https://www.youtube.com/watch?v=q3S5kxMLa2s