Aulas curiosas e interdisciplinares encantam as crianças

Ensino Fundamental I interage em abordagens diferentes de Biologia

A curiosidade e o interesse pelo o que é diferente são típicos das crianças no Ensino Fundamental I. Para atender a demanda dos pequenos cientistas, além de muitas atividades na sala e de trabalhos de campo, as turmas participam de aulas esporádicas com outros professores.

"Por serem aulas diferentes, onde a gente leva material diferenciado, faz experimentos, mostra fósseis, ossos ou penas, por exemplo, elas ficam muito entusiasmadas e sempre interagem muito fazendo perguntas”, explica o professor Vitor, de Biologia.

Na última aula, ele falou sobre poluição e conversou com os pequenos sobre lixões e aterros sanitários. Temas que parecem ser complexos para essa faixa etária, mas que foram compreendidos. “Abordamos a importância de reduzir, reutilizar e reciclar. Foram duas aulas repletas de aprendizados”.

Durante o ensino sobre o processo de extinção das espécies, o professor também levou uma abordagem inusitada acerca das grandes extinções em massa na terra. “Os alunos ficaram encantados com as imagens de fósseis e as informações sobre o passado do nosso planeta”.

Segundo ele, trata-se de uma grande parceria com professores de outras disciplinas. Até na aula de artes a Biologia pode ser abordada. Assim, a interdisciplinaridade aparece, e as crianças ganham aulas “extras” cheias de experiências e curiosidades.