Caça ao tesouro trabalha a Matemática de forma lúdica

Aventura no 2° ano também desperta a curiosidade e a imaginação

Alunos do 1° ano embarcaram na aventura do livro Caça ao Tesouro, de A. J Wood. A história relata a tripulação do navio “Roedor dos Mares” e apresenta enigmas, pistas secretas e caminhos por labirintos. Empolgados com o enredo intrigante, eles partiram para uma expedição dentro da escola.

A proposta foi semelhante: eles teriam que imaginar mares bravos e desafios pela frente. O tempo chuvoso, no dia da atividade, foi propício e deu asas à imaginação. As crianças seguiram para a caça ao tesouro preparada pela professora Sonia.

As pistas indicavam passos à direita, à esquerda e para frente. Os estudantes deveriam seguir a quantidade de passos e a direção correta. “A cada acerto, a vibração era contagiante. Os alunos trabalharam muito juntos e venceram os obstáculos”, conta a professora.

Encontraram, então, o tão esperado tesouro, que foi composto por barrinhas cuisenaire para trabalharem com os números e o cálculo mental e balas, que adoçaram o momento.

“Além de promover um tempo de leitura leitura, a caça ao tesouro despertou a curiosidade e a coragem. Incentivou as crianças a perseverar e ainda reforçou conceitos de Matemática de forma lúdica e divertida”, acrescenta.