Dinâmica envolve alunos na unidade Alphaville

Turma do 4º e 5º anos desenvolve a empatia e o trabalho em equipe

 

A missão era simples: os alunos do 4º e 5º anos deveriam montar um quebra-cabeça divididos em grupos. Mas com o desafio de não usar a comunicação verbal entre eles. A atividade, na unidade Alphaville, mostrou a importância de perceber o outro e do trabalho em equipe.

A professora Cristiane explica que cada grupo recebeu um saquinho com peças para formar uma figura. Em sua minoria,as peças estavam misturadas. “Eles perceberam que não tinham todas. Então, buscaram ajuda com os colegas para chegar ao final e cumprir a meta”, conta.

Resolver o problema sem conversar foi desafiador, mas eles conseguiram. Segundo a professora Ana Paula, a dinâmica trabalhou a interação e a socialização. “Os estudantes usaram a atenção, a concentração, a empatia, a solidariedade para identificar o que o outro precisava. Ficaram nitidamente felizes porque resolveram o desafio com essas estratégias”, acrescenta.

Durante a atividade, as professoras observaram o perfil das crianças. Qual tem mais dificuldade para interagir, quais são líderes, os alunos que colaboram com facilidade e os que têm senso de empatia, por exemplo. Esse olhar ajudará na condução de outros projetos em sala de aula.