Ensino de outro idioma traz diversos benefícios para as crianças

Quanto antes começar a aprender, melhor, indica professora do Anglo

Todo mundo nasce com o cérebro pronto para aprender línguas. Esta habilidade, no entanto, é mais aguçada entre os dois e quatro anos. A criança está mais apta a receber e a guardar conhecimentos. Por isso, quanto antes começar, melhor.

“A cabeça da criança é como um computador novo sendo alimentado para funcionar com perfeição. Ela está em plena ativação de sua capacidade cognitiva, emocional e criativa. Esses fatores ajudam muito no processo de aprendizagem”, explica a professora de inglês Eliane, do Anglo Leonardo da Vinci.

Aprender outra língua traz diversos benefícios: melhora o raciocínio, a capacidade de concentração e de memorização. Um estudo canadense mostrou que as crianças bilíngues são mais ágeis e conseguem fazer mais tarefas ao mesmo tempo com mais facilidade.

Além disso, ajuda os pequenos a entender a sua língua materna e a reconhecê-la, melhora a fala e a articulação, aumenta a percepção auditiva, estimula o cérebro, explora conhecimento cultural, entre outros.

Segundo o professor, não há desvantagens em a criança aprender o segundo idioma. “Só é importante que ela tenha acesso a livros com temas que pertençam ao seu universo. Os pais devem se atentar se a linguagem está adequada à faixa etária e se estão sendo estimuladas a refletir”, acrescenta.

--  Para conhecer mais sobre o método adotado no Anglo Leonardo da Vinci, procure a coordenação.