Jornada de Informação Profissional reúne 600 pessoas no Anglo Osasco

Evento esclareceu dúvidas sobre escolha da carreira no último sábado, 10

 

A 27ª edição da JIP – Jornada de Informação Profissional aconteceu no último sábado, dia 10, na unidade Osasco. O Anglo Leonardo da Vinci reuniu profissionais de diversas carreiras e conceituadas universidades com o objetivo de ajudar os estudantes na difícil tarefa de escolha da profissão. Cerca de 600 pessoas participaram do evento.

O público pôde conferir uma programação intensa. Foram mais de 30 carreiras apresentadas, oficinas, discussões, troca de experiências e esclarecimentos de dúvidas com especialistas e recém-formados. Os stands de divulgação de cursos ficaram lotados durante todo o dia.

O evento foi grandioso e cumpriu seu objetivo. “Muitos alunos dedicaram esse dia para adquirir uma visão melhor das carreiras e dicas para o vestibular. A busca pela informação e a empolgação de todos para viver cada oportunidade marcaram a edição deste ano”, diz o Orientador Roger.

Mais de 100 alunos participaram da palestra com Renato Freire, diretor executivo da Fuvest e ex-aluno do cursinho Anglo Leonardo da Vinci. Além de falar sobre a estrutura da prova, benefícios da universidade, apresentou números inéditos sobre a relação candidato/vaga e outros dados.

Freire contou sua história pessoal e falou das dificuldades que enfrentou para passar no vestibular, como falta de dinheiro, pressão e medo de não conseguir. “Vai ser difícil, mas você pode conseguir! Você deve ser perseverante. Trace sua meta e corra atrás”, incentivou.

Ressaltou, ainda, a importância dos alunos cuidarem do emocional. “Preparação eles têm. Aqui é o melhor lugar para se preparar. Agora, precisam acreditar e ficar tranquilos para fazer uma prova com excelência”, finalizou.

A Unicamp também teve um espaço exclusivo para falar com alunos. José de Freitas, coordenador da Comvest, que organiza o processo seletivo, falou sobre o diferencial da faculdade. “Alunos e professores se conhecem e os vínculos são muito fortes. Damos todo o suporte para cada aluno, da maneira que cada um necessita”, explicou.

Em relação à prova, ele disse que apresenta um diálogo interdisciplinar, aborda bastante o cotidiano, e a redação não cobra algo mecânico. “A maior dica para a nossa prova é o aluno pensar nos conteúdos principais, ter uma capacidade de leitura bastante atenta aos nossos enunciados, afinal, a Unicamp cobra bastante a capacidade de leitura e a atenção dos estudantes”, reforçou.

 

Confira aqui como foi a palestra com Diego Paladini, do canal “Saúde na Rotina”. Outros detalhes também vão entrar em nossa página no facebook. Acompanhe!

 Confira as fotos do evento!