Sarau de Poemas incentiva a leitura e trabalha a imaginação

Alunos aprendem a apreciar a leitura poética e a recitar poesias

 

A poesia nada mais é do que o texto escrito ou falado que, por apresentar ritmos e rimas, encanta e envolve as crianças. Por isso, alunos do 2º ano vivenciaram mais uma edição do Sarau de Poemas, um momento para incentivara leitura e trabalhar a imaginação e a interação entre eles.

 O ponto de partida para preparar esse evento foi conhecer e estudar o clássico da poesia infantil brasileira: “Poemas para brincar”, de José Paulo Paes. “Os poemas apresentam jogos de palavras e até um abecedário com significados inusitados. Divertem e instigam a criatividade das crianças. Escolhemos esse livro porque ele também desperta o gosto por esse estilo”, conta a professora Luana.

 Acada poema, um convite à brincadeira. Envolvidos nessa proposta, o 2º ano recitou alguns deles para o 1º e o 3º ano. Depois de compartilharem suas escolhas e aprendizados, os anfitriões propuseram aos colegas uma atividade: criar seus próprios poemas com base em algumas palavras que rimavam. Tornaram-se “poetas por um dia”.

 “Foi um tempo especial que propiciou a leitura, a escuta, a recitação e a apreciação de poemas e poesias. O Sarau incentivou ainda o trabalho em equipe, a desinibição e a troca de ideias entre as turmas. Os alunos amaram a leitura poética e participaram com muito entusiasmo”, acrescenta a professora.